Menu Filtro

Males nas corridas de montanha longa duração

Caso você participe de corridas de montanha de longa duração, é necessário acrescentar alguns itens ao seu kit básico de primeiros socorros e prestar atenção a sérios problemas que podem se desenvolver a longo prazo – após diversas horas ou dias de atividade intensa. Bom planejamento, conhecer o ambiente onde você estará, atenção aos primeiros sinais destas condições e possuir os recursos adequados podem salvar vidas.

– Desidratação: uma leve desidratação durante atividade física é normal e aceitável. Hidratar-se para evitar a desidratação é de extrema importância mas você também pode exagerar na dose e acabar em hiponatremia (abaixo). Ingerir água para saciar a sede é a melhor medida para uma hidratação adequada. Casos de perda excessiva de líquidos por vômito/diarreia (bebeu água sem tratar?), urina marrom e alterações de estado mental exigem evacuação, e com desidratação por vômito/diarreia adicione repositores eletrolíticos em pó ou pastilha à água. Não se esqueça de tratar toda a água que captar de fontes naturais!

– Exaustão por calor: pode ocorrer quando o atleta não está devidamente aclimatado para o ambiente ou devidamente preparado para a atividade. Náusea, fraqueza e fadiga com bom estado mental são sintomas comuns, e não-necessariamente o atleta estará desidratado. O tratamento é descanso e água para saciar a sede.

– Hipertermia: elevação da temperatura central do corpo em função da incapacidade do seu organismo de perder calor. Ocorre mais facilmente quando se exercitando em locais muito quentes e secos, mas também pode ocorrer quando em locais muito quentes e muito úmidos. A elevação da temperatura central do corpo está diretamente relacionada à intensidade do exercício, portanto procure reduzir a atividade física com grande exposição ao calor (diminua o ritmo no meio do dia, corra à noite), e resfrie o corpo periodicamente (rio, cachoeira no percurso?) se possível. Sinais de hipertermia são: pele extremamente quente, confusão mental, convulsões. Resfriamento imediato (imersão em água fria é o ideal) é crucial na hipertermia, e evacuação para acompanhamento médico é altamente recomendável.

– Hiponatremia por esforço: desequilíbrio de sódio no organismo. A principal causa é o consumo excessivo de água antes, durante e após a prova. Em provas longas consuma água para saciar a sede, sem excessos. Sinais de hiponatremia são náusea, dor de cabeça, fraqueza, tremores e alteração de estado mental. O tratamento é restringir a ingestão de líquidos, descanso e evacuação se não houver melhora.

– Hipotermia: queda da temperatura central do corpo em função da perda excessiva de calor. Ficar molhado por períodos prolongados em ambientes frios, com muito vento, sem abrigo, com esforço físico intenso irá aumentar a possibilidade de o problema ocorrer. Nos primeiros sinais (tremor excessivo/descontrolado e leves alterações de estado mental) a ingestão açúcares de rápida absorção, seguida por outras fontes de energia mais complexas e proteção do ambiente são o ideal, e também as principais maneiras de evitar a hipotermia em primeiro lugar. Evacue com os primeiros sinais se a exposição ao frio não puder ser evitada, especialmente com alterações de estado mental significativas. Cobertor de emergência, anorak, aquecedores químicos e roupas que retiram o suor do corpo irão ajudá-lo a minimizar a perda de calor durante a prova.

Faça um planejamento adequado para o ambiente, às vezes carregar alguns gramas adicionais de equipamento para estar melhor preparado para as condições pode salvar a sua vida. Aclimate-se adequadamente. Caso você perceba sinais de problemas mais sérios pare a corrida; com alteração de estado mental você pode não perceber que precisa de ajuda. O bom preparo é essencial.

Boas provas!

There are no responses so far.

Samanta Chu

Samanta Chu

Representante no Brasil e instrutora da Wilderness Medical Associates International (WMAI Brasil), ministra cursos no Brasil e no exterior desde 2011. Possui formação de Técnico de Emergências Médicas para Áreas Remotas (WEMT – EUA), é membro benfeitor do Grupo de Resgate em Montanha (Joinville, SC) e guia profissional conduzindo grupos em atividades outdoor diversas desde 2007.

Patrocínio

Apoio