Menu Filtro

Fim da Viagem, meio da jornada | Highlands Tandem Kalapalo

Intensidade

√Äs vezes acho que tenho um p√© na depress√£o. Acabei de completar uma viagem de 18 dias de bicicleta numa tandem (bike dupla), com minha esposa, por mais de 700 km pelas Highlands da Esc√≥cia e n√£o consigo comemorar. Nada deu errado. A bike n√£o quebrou, nenhum dos dois ficou seriamente doente, o clima foi amig√°vel, conhecemos um monte de pessoas simp√°ticas, comemos e dormimos bem mesmo nos v√°rios acampamentos que fizemos, nos demos bem durante todo o percurso e, mesmo assim, tudo o que consigo sentir no momento √© d√ļvida, incerteza e inseguran√ßa.

Agora tenho que transformar a experi√™ncia vivida, junto com todo o imenso volume de informa√ß√£o que acumulei e ainda vou acumular lendo d√ļzias e d√ļzias de livros, num relato de viagem que seja aut√™ntico, verdadeiro, empolgante, instrutivo e divertido. Sei que vou passar muitos meses obcecado e enclausurado, estudando, escrevendo, pesquisando e tentando tecer com palavras uma trama complexa de experi√™ncias e sensa√ß√Ķes, recorda√ß√Ķes e percep√ß√Ķes, informa√ß√Ķes e fatos, unindo fios individuais e solit√°rios numa textura harmoniosa e coesa.

Ser√° que consigo?

Fim da Viagem, meio da jornada Highlands Tandem Kalapalo_CamelBak Training Club

Mas por que me imponho tanta press√£o? Por que transformar uma viagem ‚Äď que para a maioria √© sin√īnimo de f√©rias, divers√£o e lazer ‚Äď numa mistura de circo, laborat√≥rio e sess√£o de psican√°lise? A resposta simples ‚Äď porque esse √© meu trabalho, porque desejei ser (e agora sou) um escritor de literatura de viagem ‚Äď n√£o me basta. R√≥tulos n√£o s√£o a origem dos problemas.

De um lado, gosto de desafios. Viajar, para mim, é um processo de mapeamento no qual, além de mapear a geografia por onde passo, desenho também o mapa de mim mesmo. E se viajar é minha forma de autoconhecimento, não pode haver viagem superficial.

‚ÄúVoc√™ √© intenso!‚ÄĚ, diz Adriana, minha esposa, e fico sempre esperando que ela complete a frase com o adv√©rbio ‚Äúdemais‚ÄĚ, que felizmente at√© hoje n√£o veio. Tenho medo que ela n√£o aguente essa minha intensidade. √Äs vezes nem eu mesmo me aguento.

Fim da Viagem, meio da jornada Highlands Tandem Kalapalo 2_CamelBak Training Club

Descanso, prazer e penitências

Desde o √ļltimo post no blog¬†do Spot, quase uma semana atr√°s, n√£o pedalamos mais. O clima virou quando est√°vamos em Ullapool, come√ßou a chover com frequ√™ncia, a temperatura caiu, mas o que de verdade nos desanimou foi a perspectiva de pedalar por uma movimentada rodovia estreita de asfalto, por 100 km em no m√°ximo dois dias, at√© Inverness apenas para pegar um trem at√© Edinburgh. Pegamos um micro-√īnibus com um trailer para bicicletas acoplado atr√°s e n√£o nos arrependemos.

Em Inverness começamos a recuperar os quilos perdidos durante o pedal, comemos melhor do que vínhamos comento até então, bebemos vinhos e cervejas artesanais, caminhamos pelas ruas mais turísticas da cidade. Visitamos o Victorian Market, um mercado em forma de galerias cobertas construído em metal e madeira em meados do Século XIX. Em outra rua entramos numa livraria de livros usados, um sebo, instalado há décadas numa antiga igreja. Leakey’s é um estabelecimento tradicional que merece uma visita de gente que, como eu, idolatra livros.

De volta a Edinburgh, ao mesmo hotel onde já havíamos nos hospedado duas noites no começo da viagem, sentimos como se estivéssemos voltando para casa. Depois de tantos lugares novos e desconhecidos, um pouco de familiaridade foi como um afago materno.

Descansamos, dormimos um pouco mais, experimentamos comidas e bebidas. Levei a Adriana para conhecer uma loja de queijos, embutidos, p√£es artesanais e sa√≠mos de l√° com uma baguete r√ļstica, queijo de cabra cremoso, toucinho defumado de javali selvagem e tomates secos frescos mergulhados em azeite de oliva, sentamos num banco na pra√ßa de Grassmarket e comemos ouvindo extremistas crist√£os pregando o evangelho de cima de um min√ļsculo palco de concreto. Esse espa√ßo existe para que qualquer um possa dar seu recado.

Apesar do barulho ser inc√īmodo e de eu acreditar que a melhor f√©, por defini√ß√£o, √© individual e silenciosa, achei interessante a diferen√ßa no discurso de radicais evang√©licos escoceses e brasileiros. O pregador que urrava com a B√≠blia na m√£o em Grassmarket anunciava o fim do mundo, o Ju√≠zo Final, a exist√™ncia do inferno para os ad√ļlteros e mentirosos, mas, ao mesmo tempo, berrava que ‚Äúsomos todos iguais aos olhos de Deus, brancos, negros, asi√°ticos, homens, mulheres, homossexuais ou heterossexuais‚ÄĚ. O problema estava em trair a esposa e, n√£o coincidentemente, enquanto ele se esguelava sua esposa, com uma beb√™ num carrinho, pontuava o discurso com v√°rios ‚ÄúAm√©m!‚ÄĚ

Outro pregador b√≠blico foi al√©m e bradou aos quatro cantos, para meu deleite e surpresa, que ‚Äún√£o existe igreja, Jesus nunca desejou que se criasse uma institui√ß√£o em seu nome, mas que houvesse uma comunidade crist√£ vivendo os valores crist√£os de igualdade, fraternidade e compaix√£o‚ÄĚ. Esse pelo menos parece que leu e entendeu a B√≠blia, conclu√≠.

Fim da Viagem, meio da jornada Highlands Tandem Kalapalo 3_CamelBak Training Club

Conclus√£o

Sei que muita gente espera uma conclusão, um balanço final, ao término de uma viagem como essa. Sinto muito, mas acho que vou desapontá-los. Estou longe de concluir qualquer coisa, muito pelo contrário. Sinto que preciso digerir tudo o que vi, vivi e ainda estou vivendo no que diz respeito às Highlands da Escócia. Então tenham paciência! Daqui a um ano, quem sabe, eu talvez tenha um livro e um filme que me ajudem a dizer tudo o que penso…

Publicação da Spot, parceira do CamelBak Training Club.

 

There are no responses so far.

Spot

A SPOT Brasil traz solu√ß√Ķes de comunica√ß√£o via sat√©lite para diferentes esportes e atividades outdoor! Atrav√©s de equipamentos modernos e resistentes, permite o rastreamento em tempo real e envio de mensagens de SMS e Email, garantindo a comunica√ß√£o em √°reas remotas. Al√©m disso, promove seguran√ßa aos atletas e entusiastas, e j√° realizou mais de 5.100 resgates no mundo. Hoje, a marca re√ļne um time de mais de 30 atletas brasileiros que compartilham suas hist√≥rias e desafios no SPOT Blog.

Patrocínio

Apoio