Menu Filtro

Encontro com mosquitos

Além de ser um incômodo ser picado constantemente e ficar se coçando horas após o treino nos meses de verão, encontros com mosquitos possuem o risco adicional de contrair uma doença séria.

Em alguns casos é possível se vacinar, em outros tomar comprimidos antes da exposição mas não há profilaxia para todas as doenças transmitidas por mosquitos. Então como evitar ser picado durante o treino?

Uma das opções é evitar correr nos horários de maior incidência (nascer do sol e pôr do sol), mas além de serem belos momentos do dia muitas vezes são justamente o horário que possui para treinar. Assim sendo, a próxima opção é utilizar repelente de insetos. As principais substâncias ativas liberadas pela ANVISA são Icaridina, DEET e IR3535, sendo que o mais eficaz contra o Aedes aegypti (transmissor da febre amarela, dengue, zika e chikungunya) é a Icaridina em concentração de 25%. A concentração do produto no repelente está associada com a frequência de reaplicação, que certamente deverá ser maior do que a indicada pelo fabricante uma vez que você estará correndo e transpirando. Em temperaturas mais elevadas também é necessário reaplicar com maior frequência. O ideal é criar uma camada protetora sobre a pele e aplicá-lo um certo tempo antes de iniciar o treino.

Quando utilizado juntamente com o protetor solar, o protetor deve ser aplicado primeiro (pois ele atua em camadas mais profundas da pele) e o repelente sobre o protetor. Caso haja necessidade de reaplicar o projetor solar o repelente também deverá ser reaplicado.

Maneiras de reduzir a exposição aos mosquitos

Outras maneiras de reduzir a exposição aos mosquitos são: cobrir o corpo (utilizando camiseta de manga comprida, meias longas ou calça), utilizar cores claras e evitar áreas com muita água, especialmente água parada.

Além disso é importante você ficar ligado em sinais em sintomas que possam indicar que você foi contaminado e procurar atendimento médico em caso de dúvida ou mal-estar. Lembre-se que nem todos apresentam os mesmos sintomas e algumas doenças podem ser mais difíceis de diagnosticar.

Bons treinos!

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

There are no responses so far.

Samanta Chu

Samanta Chu

Representante no Brasil e instrutora da Wilderness Medical Associates International, ministra cursos no Brasil e no exterior desde 2011. Com formação de Técnico de Emergências Médicas (EMT – EUA), é montanhista e escaladora há 17 anos e praticante de diversas atividades outdoor. Guia profissional, lidera viagens e expedições em ambientes naturais com caminhada, escalada/atividades verticais e caiaque oceânico há 10 anos.

Parceiros

Apoio