Menu Filtro

Dia Internacional da Mulher

Muitos posts. Muitos votos para que possamos acreditar mais em nós e não desistirmos de lutar pelos nossos direitos e tudo mais que todos veem todos os anos na mídia do mundo todo, porém um grande questionamento que me vem a mente é: porque em 2022 ainda temos que nos sentir precisando disso?

Ainda percebemos o machismo estrutural que se mostra arraigado até nas pessoas que menos esperamos. E muitas vezes, nas próprias mulheres. São muitos os momentos em que vemos isso acontecer. Quando uma mulher opina e os homens não escutam, quando ganham salários menores exercendo a mesma função, quando são ridicularizadas, e se demonstram raiva ou algum tipo de agressividade são vistas entre os homens como a mais do que normal. E por aí vai…

Quando estudamos a Lei da atração, fica bem claro que atraímos o que emana de dentro de nós para fora. Do nosso interior, para o mundo. Então, quando nos sentimos desvalorizadas, talvez nós não estejamos nos posicionando de forma a sermos valorizadas.

Quando sofremos alguma agressão, ao invés de nos revoltarmos com os homens (apesar de termos que buscar sim, a punição), devemos ver a raiz disso. Onde começou? Que tipo de relacionamento nossos pais, avós e bisavós tinham? O que ficou armazenado dentro de nós como “normal” ? E antes que queiram me colocar como alguém que “culpa ” as mulheres por serem agredidas, o que eu quero dizer aqui é que a nossa força é tanta, que partirá de nós mesmas a solução de tudo isso.

Não devemos esperar que os homens nos valorizem, devemos somente aceitar, perto de nós, os homens que nos valorizam. A força da mudança está dentro de nós. A capacidade de resiliência é nosso maior escudo. E não tem nada nem ninguém que possa nos colocar fadadas a uma vida de sofrimento, de injustiças e falta de realizações.

Vamos sempre em frente, unidas, acreditando umas nas outras e não deixando nenhum sentimento diferente de amor, fé e certeza da nossa capacidade, tomar conta dos nossos corações.

There are no responses so far.

Lilia Godoi

Lilia Godoi é treinadora, diretora e proprietária da Lilia Godoi Assessoria Esportiva. Formada em Educação Física pela UFRJ e Pós Graduada em Treinamento Esportivo, é representante do Projeto Empresto Minhas Pernas no Rio de Janeiro e em Niterói, mestre de Reiki e atleta de várias modalidades esportivas com resultados nacionais e internacionais.

Patrocínio

Apoio