Menu Filtro

As árvores e sua contribuição na vida como a conhecemos

Por Ramos Carvalheiro – Gear Tips

Diariamente nos deparamos com inúmeras formas de vida em nosso entorno. Sejam elas animais, vegetais ou minerais. Naturalmente, nós que praticamos atividades ao ar livre, como trilhas, trekking e escalada nos tornamos admiradores de todas essas formas de vidas e como elas nos promove bem-estar e qualidade de vida.

Agora, quando estamos em uma trilha, podem se apresentar questionamentos a respeito da história dos caminhos que realizamos. Indo além, até mesmo da formação geológica das rochas, ou das árvores e sua contribuição na vida como a conhecemos.

Quero falar um pouco e exclusivamente deste último, que se apresenta cada vez mais como uma forma de contribuir na preservação da vida e no combate a mudança climática. Vem comigo?

A história das árvores

De acordo com os pesquisadores, as primeiras árvores surgiram da segunda metade do período Devoniano, entre 398 e 385 milhões de anos atrás. Trouxeram profundas mudanças e novas possibilidades à vida. Por meio delas, começaram a surgir as florestas, contribuindo com o intemperismo das rochas, estabilização da erosão, balanço do CO2 e consequentemente do clima. Essas primeiras florestas possivelmente foram surgindo próximo aos cursos de água, e que é semelhante às florestas ciliares, que são as que acompanham o curso dos rios.

O desenvolvimento das florestas provocou mais oxigênio e menos carbono na atmosfera, implicando em modelos climáticos completamente novos. Foi fundamental para abrigar novas espécies de animais que até então se encontravam nos oceanos e preparar o terreno para o surgimento do Homo Sapiens.

Os benefícios das árvores para a vida na terra

As árvores são organismos vivos que contribuem no desenvolvimento da biodiversidade. Por meio delas, os animais a usam como local de abrigo e segurança, ou se alimentam de seus frutos. As plantas recebem sombra, nutrientes e abrigo também. Então, preservar florestas é proporcionar mais vida na terra.

___________

E aí, está curtindo esse conteúdo?

Você sabia que o Gear Tips Club é a maior comunidade de praticantes de esporte montanha do Brasil, com descontos e conteúdos exclusivos? Clique aqui para fazer a sua assinatura.

___________

Para nós humanos, as árvores são matéria prima para bens de consumo. Por meio delas é possível utilizar a madeira para construção de casas, ou de sua composição a produção de papel e látex. Além disso, promovem qualidade do ar, diminuem a erosão do solo e a regulação do clima.

Como as árvores contribuem para o combate na mudança climática?

Por meio da respiração e transpiração das florestas, observamos que elas são capazes de influenciar no clima. As massas de calor que surgem, por meio dos raios solares, que são refletidos pelos oceanos, encontram as massas úmidas das florestas e consequentemente provocam as chuvas de forma simples, as chuvas por sua vez regulam o nosso clima e o volume de água para os rios.

Essa relação é essencial para nossa sobrevivência, pois contribui com a água potável e nutrição da terra para o plantio. Entretanto, nós seres humanos, caminhamos para um desequilíbrio ecológico sem precedentes quando realizamos o desmatamento das florestas.

As árvores são geradoras de oxigênio e absorção de gás carbônico (CO2) por meio do processo de fotossíntese. Nos dias atuais, o processo de absorção de CO2 é extremamente importante, por conta das alarmantes mudanças climáticas, aquecimento global e o efeito estufa. Sem o efeito estufa não haveria vida na terra. Porém, cada vez mais esse efeito tem se intensificado pelo aumento de emissão de CO2.

A poluição pelo ar feito por grandes indústrias e a queima de combustíveis fósseis são alguns dos exemplos que contribuem para a maior liberação de CO2 na atmosfera. Além disso, nosso impacto individual também é responsável por esse efeito, desde a forma como nos alimentamos e consumimos bens duráveis.

Dessa forma, somente uma árvore é tão importante, que em apenas em um ano pode inalar em média 12 kg de CO2 e exalar oxigênio suficiente para uma família de quatro pessoas, durante 12 meses.

O desmatamento das florestas é prejudicial a vida na terra

O desmatamento das florestas, são prejudiciais a nossa vida e a inúmeras vidas de animais e plantas que coexistem na terra.
Segundo dados do INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o desmatamento da Floresta Amazônica em 2018/2019 foi de 1 milhão e 12 mil hectares. Cada hectare corresponde a um campo de futebol, ou seja mais de 1 milhão de campos de futebol desmatados. E segundo os dados do INPE e SOS Mata Atlântica, a Mata Atlântica teve 14 mil e 500 hectares desmatados em 2018/2019. Só no Estado do Paraná, um dos estados que compõem o bioma da Mata Atlântica, houve um aumento de 35% do desmatamento florestal em 2018/2019 em comparação a 2017/2018.

Quais são as possíveis atitudes que podemos tomar para combater o desmatamento das florestas?

As organizações governamentais são instituições responsáveis pela criação de políticas de preservação ambiental. Pressionar e fiscalizar esses órgãos é essencial;
Compartilhar a informação e promover a conhecimento ambiental sobre a importância das árvores;
Valorizar os povos das florestas, que são guardiões da natureza e que compreendem a necessidade de coexistência;
Diminuir o consumo de carne ou até eliminá-la, levando em consideração que o desmatamento das florestas no Cerrado e na Amazônia em grande parte é para disponibilizar áreas de pastagem para o gado, na produção da pecuária;
Consumir de forma adequada produtos com origem de matéria prima das florestas, buscando se informar se a extração desse recurso é feita de forma adequada.

E aí, que tal contribuir na preservação das florestas?

There are no responses so far.

Gear Tips

O Gear Tips é um canal e site especializado em Equipamentos de Aventura destinados à pratica de Hiking, Trekking e outras atividades Outdoor.

Patrocínio

Apoio