Menu Filtro

Operação verão sem tensão: coma bem sem se preocupar com a intoxicação alimentar

Descubra o método mais seguro de evitar a contaminação das saladas no verão.

De repente você sente uma forte dor abdominal, seguida de diarreia, náuseas, fraqueza e vem a pergunta: será que foi alguma coisa que eu comi?

Esses são alguns dos sintomas da intoxicação alimentar, uma reação do organismo à ingestão de água e/ou alimentos contaminados por micro-organismos nocivos que se multiplicam especialmente nas altas temperaturas do verão.

No calor as saladas são muito apreciadas por seu frescor, mas por serem servidas cruas, é preciso redobrar os cuidados com a sua higienização.

Antes de preparar sua salada, lave bem os alimentos em água corrente para retirar a sujeira e outros resíduos. Para evitar os germes, use apenas uma pastilha de Clor-in Salad para cada 2 litros de água. Mergulhe as verduras na solução e aguarde 15 minutos. Retire e escorra o excesso de solução, não precisa enxaguar.

Outras formas de prevenção são: lavar as mãos antes de preparar os alimentos, manter os alimentos na geladeira, prestar atenção aos prazos de validade e ingerir alimentos apenas de fontes seguras.

Para acelerar a recuperação do organismo, é recomendado:

  • Repousar;
  • Ingerir líquidos para hidratar o organismo, como água de coco, soro e isotônicos;
  • A partir do momento que a pessoa conseguir ingerir líquidos sem vomitar, deve-se iniciar uma dieta leve;
  • Deve-se evitar o consumo de alimentos gordurosos, doces, leite e derivados, refrigerantes, bebidas alcoólicas, frutas (indicado apenas maçã sem casca e banana).

A intoxicação gastrintestinal é uma experiência desagradável que geralmente dura entre um a dois dias.

Normalmente, o próprio organismo cria mecanismos de defesa e regulariza a função intestinal. Mas nos casos mais graves, pode durar uma semana ou mais e demandar atendimento médico.

A intoxicação pode ser perigosa em crianças, idosos, pessoas com o sistema imunológico comprometido e mulheres grávidas.

Qualquer pessoa nesses grupos de risco deve procurar imediatamente um serviço médico de emergência.

Durante a gravidez, o tratamento imediato com antibióticos reduz o risco do bebê ser contaminado.

Nos casos mais graves pode ser recomendada a reposição de líquidos perdidos na diarreia ou vômito por via intravenosa no hospital.

E alguns tipos de intoxicação alimentar bacteriana podem requerer tratamento no hospital, com antibiótico por via intravenosa.

Publicação da Clorin, parceira do CamelBak Training Club.

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

There are no responses so far.

Clorin

Clorin

Clorin é uma linha completa e abrangente, com produtos para descontaminação de água, alimentos e superfícies. O produto Clorin 1mg, para descontaminação de 500 ml a 1 litro de água cada pastilha, possui ação germicida e é indicado em ocasiões onde haja indisponibilidade de água tratada ou falta de confiança na procedência da água utilizada para torna-la potável para consumo humano. É ideal para o uso em camping, ecoturismo, caminhadas e atividades náuticas, militares e esportivas ao ar livre. Seu uso previne o risco de se contrair as doenças transmitidas por águas contaminadas.

Parceiros

Apoio