Menu Filtro

Belize: Um paraíso escondido no Caribe

por Karina Oliani

Nós estávamos a caminho do Caribe quando recebi a mensagem que o furacão estava se aproximando e causaria grande destruição em alguns locais daquela região. Deu um frio na barriga, mas como Belize não estava na rota resolvemos manter a viagem. No final, tivemos uma semana incrível de muito sol, águas claras e céu azul, enquanto, infelizmente, algumas ilhas do Caribe estavam sendo massacradas pelo IRMA

Belize

Com certeza você já ouviu falar de vários destinos localizados na América Central, certo? Cancún, Jamaica, Bahamas, Punta Cana, Barbados, Costa Rica… Mas hoje lhe apresento um novo paraíso, que te dará um outro olhar sobre o Caribe: Belize é o 2º menor país da América Central e se localiza ao sul do México e ao norte da Guatemala, no sudeste da Península de Yucatán. O inglês e um crioulo inglês predominam ao longo da costa e no centro e sul do país. No oeste e no norte, o espanhol é mais falado. Seu litoral de 38 km tem as águas muito calmas, protegidas pela barreira de recifes de coral. Então, se quiser surfar é melhor esquecer Belize.

Mar calmo de Belize

Placencia, mais ao sul do país, pode não ter algumas das melhores praias de Belize, mas certamente tem os melhores mergulhos. Com muitas florestas de mangue, em 3 meses do ano essa península ainda é presenteada com a presença dos lindos e inofensivos tubarões-baleia. Nós saímos pra mergulhar todos os dias que ficamos nesse lugar. E sobre os mergulhos, prefiro deixar que as fotos falem por mim:

Karina mergulhando com os peixes no mar de Belize

Outro lugar que recomendo é Caye Caulker, rústico porém muito charmoso. Sem carros (os locais e turistas andam de carrinho de golfe ou bicicletas) e com ruas de areia. Os coqueiros e a água turquesa dão um toque de beleza incrível a essa ilha que fica a apenas 1 hora de barco de Belize City.

Praia de Caye Caulker em Belize. Foto: James Willamor (CC BY-SA 2.0)

A civilização maia dominou esse canto do planeta por muitos séculos. O sítio de Altun Ha, por exemplo, serviu de palco para grandes celebrações, sacrifícios e cerimônias entre 600 aC e 800 dC. Por muitos e muitos anos os maias gozaram das praias, ilhas, cachoeiras, cavernas, florestas e da maior e mais preservada barreira de corais do hemisfério norte só pra eles.

Karina no sítio Maia de Altun Ha

Great Blue Hole

Mas nada se compara ao Great Blue Hole, uma das grandes maravilhas da natureza e Patrimônio Mundial pela UNESCO. Se trata de uma caverna que se formou há centenas de milhares de anos, quando o nível do mar era mais baixo do que agora. Em algum momento essa caverna colapsou, seu teto desabou e ela submergiu, mas suas estalactites e estalagmites estão muito bem preservadas. Quem é mergulhador avançado e puder chegar a 40 metros de profundidade, irá poder se impressionar ainda mais com o visual lá no fundo.

Great Blue Hole. Foto: Astrum Helicopters

O Great Blue Hole não é o único buraco azul no mundo, mas é o único que pode ser visto do espaço. Aproveite a longa viagem de barco até o Atol de Recife Lighthouse, que fica a cerca de 3 horas de viagem (aproximadamente a 100 km da costa de Belize) pra mergulhar em outros 2 pontos de mergulho clássicos de lá.

A quantidade de cores dos corais somada a riqueza da vida marinha é realmente de tirar o fôlego! Tartarugas, peixes, arraias, tubarões de diversas espécies… A lista é longa! E a alegria de ver um lugar tão preservado com um oceano tão rico me fez aplaudir Belize. Foi uma viagem inesquecível!

Fotos: Marcelo Rabelo e Alexandre Socci

Agradecimentos: Turismo de Belize, Canon Brasil, Aquática Sea Worker, Seasub e Copa Airlines.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

There are no responses so far.

Spot

Spot

A SPOT Brasil traz soluções de comunicação via satélite para diferentes esportes e atividades outdoor! Através de equipamentos modernos e resistentes, permite o rastreamento em tempo real e envio de mensagens de SMS e Email, garantindo a comunicação em áreas remotas. Além disso, promove segurança aos atletas e entusiastas, e já realizou mais de 5.100 resgates no mundo. Hoje, a marca reúne um time de mais de 30 atletas brasileiros que compartilham suas histórias e desafios no SPOT Blog.

Parceiros

Apoio